Primeiras imagens do antivírus “Morro” da Microsoft

17 de junho de 2009

   O blog Neowin conseguiu com exclusividade as primeiras imagens do novo antivírus free da Microsoft. Também já possuímos a informação que o seu nome será Microsoft Security Essentials, ao invés do contestado codinome “Morro”.

   A previsão de chegada será para setembro, onde deverá ter o lançamento simultâneo com o Windows 7.

msmoro

msmoro2

msmoro3

Anúncios

Morro, o antivírus free da Microsoft

15 de junho de 2009

   É isso mesmo, após a Microsoft liberar o Bing, o buscador que entrou no mercado com a missão de bater o famoso Google, a empresa norte-americana está formulando um anti-vírus free, sim você leu corretamente, ele será de graça para usuários do Windows.

Microsoft

   Continue lendo »


ZOHO Projects – Uma boa maneira de gerenciar seus projetos online

12 de junho de 2009

imagem   Chegou no mercado uma ótima ferramenta para quem procura agendar tarefas, reuniões e doumentos sem precisar instalar nada no computador e ainda acessar a essas informações de qualquer PC que tenha acesso a internet. Seu nome é ZOHO Projects, que com um design clean e de fácil compreensão, nos trás a possibilidade de gerenciar projetos com múltiplos usuários. Nele ainda é possível traçar metas, gerar relatórios entre outros.

   Ele está disponível na versão free para os usuários que pretendem Continue lendo »


Bing, o novo buscador da Microsoft

2 de junho de 2009

   Ontem(01/06) a Microsoft colocou no ar o seu novo buscador, o Bing sucessor do Live Search.bing Continue lendo »


Google Wave – O agregador de comunidades

29 de maio de 2009

   O Google Wave é uma ferramenta criada para revolucionar a forma com a qual nos comunicamos e trabalhamos em colaboração com outros usuários. Ele funciona como um serviço de mensagens instantâneas que se conecta ao seu Facebook ou Twitter, só para dar dois exemplos de ferramentas de mídias sociais, e também permite que você acrescente outros tipos de conteúdo.

ss1
 

   Um Wave é um espaço compartilhado onde dois Continue lendo »


Primeiras impressões sobre o Wolfram Alpha

18 de maio de 2009

wolfram-alpha

   Na última Sexta-feira(15/05) foi lançado o grande Wolfram Alpha, do qual se auto-nomeia de “computational knowledge engine” (máquina de conhecimento computacional). Por muitos foi tachado como sendo o próximo grande rival do Google, mas após o seu lançamento percebeu-se que os serviços possuem características diferenciadas.

   Fiz alguns testes para descobrir melhor o seu funcionamento, onde a primeira palavra que pesquisei foi Petrobras:  petrobras

   Ao pressionar enter, recebi várias informações sobre a empresa estatal brasileira, entre elas finanças, comparações e projeções.

O próximo teste foi escrever Petrobras Microsoft:

petrobras-microsoft

   Dessa vez, recebi informações de comparação entre as duas empresas.

   Prós: Um serviço diferenciado na web, que traz informações bem completas para o usuário.

   Contras: Para certas palavras o serviço demora muito tempo para concluir sua pesquisa. Ainda possui um banco de dados de palavras pequeno. Não existe  versão em português.

Apesar dos contras, sem dúvida nehuma, se o sistema for aperfeiçoado, ele será o início de uma grande revolução na web. 


Internet Elétrica

5 de maio de 2009

   Imagine usar a tomada internet_eletrica2de energia elétrica para acessar a internet, conectar o computador, transmitir e-mails e baixar vídeos. Essa possibilidade pode parecer futurologia, mas é uma realidade bem próxima. As agências reguladoras de telecomunicações (Anatel) e de energia elétrica (Aneel) estão preparando regras que permitirão o lançamento comercial no Brasil da tecnologia Power Line Communication (PLC), que utiliza os fios de eletricidade para banda larga.

   Tecnicamente, as redes das distribuidoras de energia elétrica estão prontas para prestar esse serviço – bastaria fazer algumas adaptações de baixo custo, explicam os técnicos. Seria necessário instalar roteadores nos postes para direcionar a transmissão de dados e um modem na casa ou no escritório do cliente, parecido com os aparelhos que as empresas de telefonia ou de TV a cabo usam para fornecer acesso à internet.

   A relatora do assunto na Anatel, conselheira Emília Ribeiro, aposta nessa ideia para estimular a competição no mercado brasileiro de banda larga. – Estamos querendo baixar o custo dos serviços, e isso acontece ampliando a oferta. Hoje temos banda larga por cabo, por satélite, por frequência, e por que não pela rede elétrica? -, questiona. Ela ressalta ainda que a velocidade de conexão desse tipo de tecnologia já começa com 20 megabits por segundo (Mbps), bem acima da capacidade dos serviços oferecidos hoje, que em geral vão até 10 Mbps.

Fonte: Estadao.com.br